Iprade empossa nova direitoria

Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, antes presidido pelo advogado Gustavo Bonini Guedes, agora estará sob a gestão de Moisés Pessuti

Autoridades do direito e da política nacional se reuniram na noite desta segunda-feira (8) para a posse do advogado especialista em Direito Eleitoral Moisés Pessuti como presidente do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) para a gestão 2017-2018, em uma cerimônia no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

Em seu discurso, Pessuti ressaltou a trajetória do advogado Gustavo Bonini Guedes, seu antecessor na presidência do Instituto, e fez perspectivas para o trabalho da nova diretoria. “Espero continuar contribuindo para que os objetivos sejam alcançados. É hora de arregaçar as mangas, olhar para a frente, ampliar os horizontes do Iprade e manter a eficiência, grandiosidade e a qualidade do Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral que organizamos”, disse.

A cerimônia contou com a presença do presidente do TRE-PR, Adalberto Xisto Pereira; do presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-PR), Renato Braga Bettega; do procurador regional eleitoral do Paraná, Alessandro José Fernandes de Oliveira; e do representante da seccional paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR), Alexandre Hellender de Quadros; além de membros da atual e anterior diretoria do Iprade e convidados.

O ato contou com a apresentação do painel “Perspectivas sobre a reforma política e eleitoral”, pelo ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Henrique Neves. “A reforma deve responder: se o voto deve ser obrigatório; quem pode ser candidato; qual a circunscrição em que a candidatura será feita; se a representação deve ser proporcional à população; e se o eleitor vai votar em pessoas ou partidos. Resumindo, todo e qualquer modelo eleitoral só vai ser bom o suficiente se o eleitor puder entende-lo”, discorreu.

A nova diretoria, empossada pelo então presidente do Iprade, Gustavo Guedes, é composta por: Orlando Moisés Fischer Pessuti (presidente); Luiz Eduardo Peccinin (vice-presidente); Carla Karpstein (secretária-geral); e Cássio Prudente Vieira Leite (tesoureiro).

COMENTÁRIO